Skateboard, quais as manobras iniciais?

Confira as manobras sugeridas para dar um start no seu sucesso como skatista

Reconhecido pela Confederação Brasileira de Esportes Radicais, a prática de skateboard é uma tendência no Brasil. E, como todo esporte, o skateboard também tem suas manobras básicas, podendo variar de acordo o instrutor. Após a escolha do seu skate, o passo seguinte é o treino desses fundamentos, com o uso, é claro, de equipamentos de segurança como capacete, cotoveleiras e joelheiras.

Em geral, o primeiro movimento que um skatista iniciante aprende é a Remada. “Para começar a andar na pista ele [o skatista] tem que ter uma noção de como se equilibrar em cima do skate. Então, colocamos ele nas rampinhas pra ir e voltar remando. As vezes ele acha até chato”, confessa João Vitor Alexandre, orientador da pista Worship Skate Park.

22
João Vitor Alexandre, skatista e orientador, fala sobre as suas primeiras manobras

Remada consiste no impulso dado pelo pé de apoio para deslocamento do skate. Para realização desse fundamento, o pé dominante deve ficar sobre os parafusos frontais do shape, com os dedos voltados para frente e o joelho levemente flexionado. O peso do corpo deve estar totalmente no pé dominante, enquanto com o outro, a uma distancia de um palmo do shape e próximo ao pé dianteiro, o skatista empurra o chão. Depois do impulso o pé traseiro volta para o tail (a parte curvada de trás do shape) e o pé dominante mantem o apoio, girando 45°.
Entre as manobras mais especializadas, Alexandre destaca o Ollie, o Varial e o Flip.

O Ollie ou Pop é uma técnica de salto, onde o pé dianteiro fica posicionado no meio do shape, com os dedos virados para o lado ou levemente para a diagonal, e o pé traseiro fica no tail. O skatista agacha e pula, levantando o pé da frente e chutando o tail com o pé de trás. Em seguida, faz o movimento contrário, levanta o pé de trás e desloca o pé da frente para os parafusos frontais. Coloca o pé não dominante sobre os parafusos traseiros e pousa com os joelhos flexionados.

O Varial é o giro lateral do skate com o skatista no ar. Ele começa na mesma posição do Ollie, porém, após levantar o pé da frente, o pé de trás chuta o tail empurrando-o na direção do pé frontal, que por sua vez também conduz sutilmente o shape para girar. Depois de rodar 180°, os pés descem sobre os parafusos e os joelhos são flexionados para amortecer o impacto.

O Flip também é um giro do skate, mas 360° e com o shape deitado. Também segue os mesmos passos do Ollie e, no momento do chute, o pé deve estar na bem na beira do skate, na direção em que giro será executado. O pé da frete é usado para empurrar o skate. Confira os vídeos das manobras executadas pelo orientador em slow motion:

 

Para mais informações sobre o Skateboard, é só clicar aqui!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s